STJ concede habeas corpus ao empresário Yury ‘do Paredão’

PRISÃO REVOGADA

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu liminar em habeas corpusnesta segunda-feira (13) ao empresário Yury Bruno Alencar Araújo, conhecido como Yury do Paredão. A decisão do ministro Reynaldo Soares da Fonseca revoga a prisão preventiva que havia sido decretada pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Juazeiro do Norte-CE. Ele havia sido preso no último dia 6, em Juazeiro do Norte, após um vídeo em que aparece atirando contra seu caseiro circulou nas redes sociais.

Antes da decisão do STJ, o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) havia negado, na quinta-feira (9), um pedido de liberdade feito pelos advogados do empresário. Procurado pela reportagem, o advogado de defesa Leandro Vasques afirmou que só iria se manifestar após o cumprimento da decisão do STJ, mas antecipou que “a prisão imposta a Yury, mais de oito meses após os fatos, foi um dos maiores excessos que já vi nos meus 25 anos de atuação profissional. O Ministério Público e o Poder Judiciário quiseram transformar a prisão preventiva, a mais severa das medidas cautelares, em uma lição de moral, em um instrumento de vingança social absolutamente desproporcional”, afirmou.

No dia 6 deste mês, a Polícia Civil cumpriu mandado de prisão preventiva, a pedido do Ministério Público do Ceará (MPCE), por porte de arma de uso restrito e disparo de arma de fogo contra o empresário. ‘Yury do Paredão’ apresentou à Polícia Civil a arma usada no vídeo, que pertence à Polícia Militar de Pernambuco. O empresário foi recolhido à Cadeia Pública de Juazeiro do Norte, mas depois transferido para a Penitenciária Industrial Regional do Cariri (Pirc).

Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.