Polícia registra sete denúncias contra revenda de veículos que aplicou golpe

Golpe

Colocar o veículo em uma revenda de automóveis, sob consignação, e em poucos dias perder o bem material e não receber nenhum dinheiro pela negociação. O fato levou, em menos de uma semana, sete vítimas irem àDelegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) denunciarem ser vítimas do “golpe da revenda”.

Nesta terça-feira (4), o titular da Especializada, delegado Jaime de Paula Pessoa Linhares, concedeu entrevista ao Sistema Verdes Mares acerca do acontecido que vem lotando a delegacia. Conforme Jaime de Paula, o prejuízo ultrapassa o valor de R$ 300 mil.

O policial civil conta que as vítimas haviam deixado seus bens na revenda CL Veículos, localizada na BR-222, km 14, em Caucaia. Carlos Magno Granjeiro Queiroz é apontado como proprietário do estabelecimento e segue sendo procurado pela Polícia.

“Ele fechou a loja e pronto. Um funcionário veio depor falando que está sob ameaças e que também ficou com dívidas. Os carros foram vendidos e os valores não foram repassados às vítimas. Há indícios também de falsidade ideológica”, contou Linhares.

O policial destacou que Magno não tinha antecedentes criminais. De acordo com o delegado, a cada fim de ano, tende a aumentar o número de golpes, em diversas modalidades. A Polícia acredita que o número de vítimas da revenda mencionada pode vir a aumentar nos próximos dias.

Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.