No próximo dia 14, Lula será interrogado por substituta de Moro

O interrogatório será presencial e conduzido pela juíza Gabriela Hardt

ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba por corrupção e lavagem de dinheiro, será interrogado no dia 14 de novembro pela juíza Gabriela Hardt, que substitui Sérgio Moro sobre outro caso relacionado com a Operação Lava Jato.

O interrogatório será presencial e conduzido pela juíza que agora conduz a operação no lugar de Moro, futuro ministro da Justiça do presidente Jair Bolsonaro.

Lula responderá pelas supostas propinas pagas pelas empreiteiras OAS e Odebrecht em forma de reformas de um sítio em Atibaia em troca de contratos com a Petrobras. A defesa de Lula mantém a alegação de que a propriedade não pertence ao ex-presidente e que a denúncia é parte de uma perseguição política.

A juíza Hardt, substituta de Moro no tribunal de primeira instância encarregado das investigações, interrogou esta semana o empresário Marcelo Odebrecht.

Lula, de 73 anos, ainda responde por outros quatro processos e se declara inocente em todos, denunciando sempre uma perseguição política.

Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.