Mulher é condenada por invadir Facebook de ex-marido e fazer publicação

“eu sou uma pessoa sem caráter, vagabundo”

Uma mulher no Rio Grande do Sul foi condenada por entrar no Facebook do ex-marido sem autorização e fazer uma publicação se passando por ele.

Nas postagens, a mulher escreveu “eu sou uma pessoa sem caráter, vagabundo” e “deixei minha filha passar fome e estou me divertindo”. O homem foi orientado a processar a ex, exigindo que ela pagasse 20 salários mínimos, destacando que a publicação poderia interferir na disputa judicial pela guarda da filha.

A moça foi sentenciada a pagar um valor de R$ 300. O juiz da causa entendeu que o homem deveria ter alterado a senha da conta após a separação. Os nomes do casal não foram divulgados.

Pinheirinho

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.