Irmão de Ciro quer demolir rádios de oposição e interdita acesso a estúdio, em Sobral

PERSEGUIÇÃO À IMPRENSA

Depois de desapropriar os prédios de duas rádios que expões fatos incômodos e criticam falhas de sua administração, o prefeito de Sobral (CE), Ivo Gomes (PDT), está dificultando o acesso à Rádio Plus FM, com a interdição de uma rua e a transformação da calçada do órgão de imprensa em depósito de material de construção para um projeto de saneamento.

Em junho, o prefeito Ivo Gomes decretou a desapropriação das rádios Plus FM, de uma fundação ligada ao jornalista Donizete Arruda; e Paraíso FM, ligada ao deputado Moses Rodrigues (MDB-CE), e dirigida pelo Centro Universitário Inta.

O jornalista Donizete Arruda destaca que a perseguição política e os ataques à liberdade de imprensa são a reprodução do modo de agir de Cid e Ciro Gomes, irmãos do prefeito de Sobral. O acesso de profissionais e entrevistados à Rádio Plus está sendo feito por ruas de difícil acessibilidade e com alto risco de segurança, devido a índices da violência do bairro Alto do Cristo.

“Esse ataque à liberdade de imprensa do prefeito Ivo Gomes mostra ao Brasil o modelo de governar dos coronéis Ferreira Gomes em Sobral, curral eleitoral dessa oligarquia, e no Ceará. O episódio tem o dom de apresentar ao povo brasileiro o estilo Ferreira Gomes de tratar quem revela as estripulias dessa família, cujo cacique chefe é Ciro Gomes”, disse o jornalista Donizete Arruda, ao Diário do Poder.

O jornalista que atua na Nordestv, emissora local afiliada Band, em Sobral, tem participação diária de 20 minutos na rádio Plus FM. E ressalta que o alvo do clã Ferreira Gomes (FG) são as únicas emissoras que apenas noticiam fatos. “Não tem crítica local não. [São] os fatos”, afirmou.

Rádio Plus FM teve calçada transformada em depósito de Material de construção. Foto: Divulgação

Rádio no porta-malas

Quando foi questionado sobre as rádios que pretende demolir, o prefeito disse à Rádio Tupinambá que não estava desapropriando as rádios de seus adversários políticos, mas somente os imóveis.

“Rádio você pode pegar os equipamentos, colocar dentro do porta-malas do carro e levar para qualquer prédio que quiser. É assim que as rádios modernas são hoje. São prédios que estou desapropriando para que possa livrar o visual e para que as pessoas possam ter equipamentos de lazer. E devolver ao Alto do Cristo uma área que nunca deveria ser ocupada”, disse o prefeito Ivo Gomes.

Diário do Poder

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.