Ceará deve ficar com R$ 200 milhões

R$ 2 BI PARA MUNICÍPIOS

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), informou na sexta-feira (9) que o presidente Michel Temer assinou projeto de lei que garante a abertura do Orçamento para liberação de auxílio de R$ 2 bilhões para as prefeituras.

Segundo a Associação dos Prefeitos do Ceará (Aprece), os municípios cearenses devem ser contemplados com R$200 milhões do valor total e todos os municípios brasileiros serão beneficiados. O recurso trata de um apoio financeiro aos municípios que não foi repassado no final do ano passado após acordo com o Governo Federal.

Depois de se reunir com Temer, o senador cearense comunicou pelas redes sociais que vai pautar a votação do projeto para o dia 20 de fevereiro, em sessão do Congresso Nacional.

“Conseguimos, junto à Presidência da República, a assinatura do PLN (Projeto de Lei do Congresso Nacional) que prevê a liberação R$ 2 bilhões em auxílio financeiro para as prefeituras”, reiterou.

O projeto prevê R$ 2 bilhões para as áreas de saúde, educação e desenvolvimento social. O repasse do dinheiro deverá ser feito conforme critérios do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que considera o número de habitantes da cidade.

O Planalto informou que a mensagem presidencial encaminhando o Projeto de Lei será publicada no Diário Oficial da próxima quarta (14), próximo dia útil após o feriado de Carnaval.

A verba a que se refere o senador Eunício Oliveira, e informada na mensagem, é a mesma já anunciada no final de 2017 e prevista na Medida Provisória 815, de 29/12/2017. A data marcada por Eunício para que o projeto seja votado coincide com o dia previsto pela base governista para início da votação da Reforma da Previdência.

O deputado federal Leônidas Cristino (PDT-CE) informou que os prefeitos cearenses enfrentam dificuldade financeira a cada ano e cabe ao Congresso mudar a situação. “A gente tem obrigação de contribuir para amenizar as contas municipais”, disse.

Já o também deputado cearense José Airton (PT) considerou a liberação tardia e criticou o governo federal.

“Isso foi um compromisso não honrado de Temer. E era para ter sido liberado no ano passado, mas espero que possamos aprovar com rapidez para socorrer os municípios”.

 

Diário do Nordeste

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.