Camilo quer que Centro de Inteligência do Ceará seja exemplo no governo Bolsonaro

O equipamento vai ser subordinado ao Ministério da Justiça

O novo Centro Integrado de Inteligência e Controle para o Combate ao Crime Organizado do País, em processo de instalação no Ceará, já tem data de inauguração. Vai começar a funcionar no dia 8 de dezembro. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (1º) pelo governador Camilo Santana (PT), durante aula inaugural do curso de formação profissional para a carreira de oficiais da Polícia Militar, realizada na Academia Estadual de Segurança Pública, em Fortaleza. De acordo com o governador, o equipamento estadual vai servir de modelo para a política nacional de segurança.

O início do funcionamento foi acordado depois de reunião com o Ministro da Justiça, Raul Jungmann, realizada em Brasília na quarta (31). “No mês de novembro já estão vindo representantes de todos os Estados do Nordeste Brasileiro. Estão vindo, também, equipes de Brasília, do Ministério da Justiça, que vão formar o corpo técnico de profissionais que vão trabalhar no Centro Integrado”, explicou o governador.

De acordo com o Secretário de Segurança Pública do Ceará, André Costa,  “da nossa parte, fica a disponibilização do prédio, manutenção desse prédio e, também, ter efetivo nosso participando. Já o Governo Federal manda os efetivos dos outros Estados, policiais mantidos, aqui, através da União, além de policias que vem da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública). O papel da SSPDS é participar, dar todas as condições para que o Centro possa funcionar e que haja essa maior integração, esse intercâmbio de experiências, informações, inteligência” .

O primeiro Centro Integrado de Inteligência deve ser uma experiência piloto que reunirá os nove Estados do Nordeste. A ideia é promover compartilhamento de dados para combate, principalmente, do crime organizado. A partir do Ceará, outros cinco Centros Regionais devem ser instalados no País. O equipamento vai ser subordinado ao Ministério da Justiça, que vai ter, a partir do próximo ano,  o juiz federal Sérgio Moro como titular, de acordo com anúncio feito, hoje, pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

Quando questionado se o contexto político, que coloca Bolsonaro e Camilo Santana em posições partidárias opostas, poderia influenciar o funcionamento ou a implementação do novo Centro, o governador do Ceará declarou: “eu acredito que será importante como uma ferramenta, para que o Governo possa enxergar como um dos caminhos para integrar todo o Sistema de Segurança Pública brasileira. Hoje, a violência ultrapassou as fronteiras dos Estados brasileiros. É preciso pactuar, unir, unificar, relacionar, integrar. E o Nordeste brasileiro parte na frente com esse Centro e acho que servirá de exemplo para o novo governo  que se instalará a partir de janeiro de 2019”.

Aula inaugural

O governador Camilo Santana fez as declarações durante aula inaugural voltada para 250 oficiais da Polícia Militar. O Curso de Formação tem duração de três semestres. A turma vai estar nas ruas, comandando as tropas, no primeiro semestre de 2020. Os militares serão alocados na Capital e no Interior. O Curso de Formação é a terceira etapa do processo de capacitação dos agentes de segurança. Esta é a seguna turma de candidatos aprovados no concurso de 2013. Na primeira turma de aprovados, 183 tententes foram nomeados.

Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.