Bebê que nasceu com dente precisou removê-lo aos 12 dias de idade

A mãe da bebê disse que nunca imaginou que teria que levar a filha tão cedo ao dentista Imagem

Uma garotinha que nasceu com um dente da frente teve de ser levada ao dentista para retirá-lo com apenas 12 dias de idade.

A bebê Isla-Rose Heasman nasceu em Devon, na Inglaterra, já com um dente de leite na boca.

Sua mãe, Jarmin Heasman, disse que “jamais imaginou” que teria que levar a filha ao dentista com tão pouco tempo de vida.

“O dente precisou ser extraído porque ele estava mole”, disse a mãe. “Ela foi mais corajosa que eu, nem chorou.”

“Eu tive que sair da sala. Estava chorando porque não conseguia aguentar ver minha princesa com dor”, disse Jasmin.

O consultório dentário Seven Trees Dental disse que Isla-Rose foi a paciente mais jovem que o local já recebeu.

A maioria dos bebês começa a ter a dentição a partir dos seis meses, com alguns começando mais cedo, aos quatro, e outros demorando até mais de um ano.

Isla-Rose era muito jovem para receber uma injeção de anestesia, então, a extração foi feita com o uso de um creme anestésico tópico.

Isla-Rose ganhou um adesivo pela coragem que demonstrou no dentista Imagem: JASMIN HEASMAN

“É estranho vê-la sem dente agora”, disse a mãe.

A bebê recebeu um adesivo pela coragem.

A dentista Alaa Jebur, que retirou o dente, disse que a garotinha “não deu um pio” durante o procedimento e que tudo indica que seus dentes vão se desenvolver normalmente.

Jebur acompanhou o caso da garotinha desde o começo.

“Eu estava de plantão no hospital quando Isla-Rose nasceu e fui chamada para dar uma olhada quando a equipe da maternidade notou o dente”, diz Jebur. “Foi uma coincidência adorável que eu estivesse de plantão na clínica quando ela chegou para removê-lo.”

De acordo com a BDA (British Dental Association, ou Associação Dental Britânica), um em cada 2 mil bebês nasce com dentes natais, ou seja, dentes que já estão visíveis através da gengiva no momento do nascimento.

Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, o odontopediatra deve fazer um diagnóstico para decidir se o dente deve ser retirado ou mantido. A extração é indicada se o dente estiver mole, se houver risco risco de aspiração ou deglutição e quando o dente apresentar borda cortante – o que pode provocar ferimentos na base da língua do bebê ou nos mamilos da mãe durante o aleitamento.

O dente foi extraído com sucesso e dado para a família Imagem: JASMIN HEASMAN

Uol

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.