Bebê é perfurado com agulhas em ritual para ´afastar espíritos ruins´

Retiramos seis agulhas que já estavam enferrujadas dentro do bebê

A mãe de Mudassir Karimov afirmou que levou o menino às pressas para a clínica depois de identificar o objeto pontiagudo preso na gengiva dele. A mulher, que não teve a identidade revelada, conta que desconfiou que a babá tenha enfiado agulhas no corpo da criança para ‘afastar espíritos malignos’ do pequeno, noticia o portal IG.

De acordo com o Daily Mail, a equipe médica relatou que, por meio de um raio-X, detectaram estruturas de metal presas no crânio, nariz, pernas, pescoço e peito de Mudassir.

Os médicos do Hospital Karabolo explicam que o bebê não poderia ter ingerido as agulhas por acidente e que seis delas foram retiradas do corpo da criança.

“Retiramos seis agulhas que já estavam enferrujadas dentro do bebê. Estamos nos preparando para realizarmos uma cirurgia para a remoção das agulhas alojadas no crânio e no estômago dele. Será um procedimento mais trabalhoso e que demanda uma cautela maior, e, por isso, não realizamos junto aos outros processos”, disse o cirurgião Shukhrat Choriev.

Familiares de Mudassir afirma não ter conhecimento de como as peças de metal, que incluíam duas agulhas de máquinas de costura, foram parar dentro do garoto.

Noticias ao Minuto

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.