174 celulares são encontrados no IPPOO II

Operação "Olavo Doce"

Com objetivo de coibir a prática de crimes nas penitenciárias, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) deflagrou, na última quinta-feira (1º), a operação “Olavo Doce”, na Unidade Penitenciária Olavo Oliveira II (IPPOO II), em Itaitinga. Ao todo, foram apreendidos 174 aparelhos de telefonia móvel.

De acordo com o MPCE, a inspeção extraordinária aconteceu em 116 celas e em 12 alas. Foram encontrados diversos documentos relacionados à contabilidade de facções e aos crimes de tráfico de drogas e estelionato. Também foram apreendidas drogas.

A operação aconteceu com o apoio do grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), da Polícia Militar do Estado do Ceará e agentes da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus). O nome da operação é em alusão à forma como os próprios internos se referem ao IPPOO II, em suas conversas privadas. O termo ‘doce’ foi dado diante da facilidade com celulares, drogas e outros objetos não permitidos ingressam no equipamento.

Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.