174 celulares são encontrados no IPPOO II

Operação "Olavo Doce"

Com objetivo de coibir a prática de crimes nas penitenciárias, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) deflagrou, na última quinta-feira (1º), a operação “Olavo Doce”, na Unidade Penitenciária Olavo Oliveira II (IPPOO II), em Itaitinga. Ao todo, foram apreendidos 174 aparelhos de telefonia móvel.

De acordo com o MPCE, a inspeção extraordinária aconteceu em 116 celas e em 12 alas. Foram encontrados diversos documentos relacionados à contabilidade de facções e aos crimes de tráfico de drogas e estelionato. Também foram apreendidas drogas.

A operação aconteceu com o apoio do grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), da Polícia Militar do Estado do Ceará e agentes da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus). O nome da operação é em alusão à forma como os próprios internos se referem ao IPPOO II, em suas conversas privadas. O termo ‘doce’ foi dado diante da facilidade com celulares, drogas e outros objetos não permitidos ingressam no equipamento.

Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.